expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

23 de nov de 2016

DA PRÓXIMA VEZ...



Da próxima vez não diga para ela que talvez você nunca a ame, ou que talvez nunca irá dizer que a ama. Isso não é sinceridade, é terror psicológico.
Da próxima vez não diga que você enjoa das pessoas, e por isso pode ser que o possível namoro de vocês não venha a durar muito. Já que com a única mulher que já amou sua relação durou 4 meses. Isso não é honestidade, é tentar se livrar de cobranças futuras.
Da próxima vez quando ela disser: "você não faz ideia do quanto eu amo você" não diga que você faz sim, porque também sente. Não minta para ela.
Da próxima vez não diga que ela é especial, e que você sabe que nunca vai encontrar uma mulher como ela, se for abandoná-la. Porque isso simplesmente não faz sentido.
Da próxima vez não diga que nunca irá desistir dela, porque você não sabe disso. Não faça promessas vazias.
Da próxima vez não peça desculpas por ter ido embora, e por tê-la feito sofrer, se não vai voltar atrás. Isso não faz a gente se sentir melhor, isso na verdade nos diminui.
Da próxima vez quando você souber que não está feliz, quando se sentir encurralado por suas escolhas, conte a ela, diga a verdade. Termine. Não espere ela sentir que faz você estar entediado num relacionamento sério, que ela achava que era especial. Isso sim é decente.
Da próxima vez não diga que está confuso,e que não sabe mais o que quer, seja sincero, diga que não a ama e que quer ficar sozinho. Pode ser duro mas é mais honesto.
Da próxima vez não brinque com ela dizendo que precisam de tempo sempre que acontece algo que lhe desagrade, seja homem e resolva as situações que te incomodam dentro da relação. Se você não sabe resolver conflitos dentro de um relacionamento não pode estar em um! Aprenda que nem tudo é motivo de término e de "tempo".
Da próxima vez converse com ela sobre seus anseios, antes de pensar em acabar algo com base nos seus achismos pessoais.
Da próxima vez não diga que faz a escolha por ela, porque você é tão altruísta que pensa mais nela do que em você!. Sabemos pensar e escolher nossos caminhos sem a sua ajuda. Se estivermos com você é porque acreditamos ser o melhor para nós. Então não ouse escolher por mim! Diga a verdade, não tem nada de errado em escolher o melhor para si.
Da próxima vez pense antes de se envolver com a garota, tenha sensibilidade, veja quem ela é. As pessoas devem escolher seus parceiros ideais antes de se apaixonarem por eles, evita o sofrimento de ambos. Dar o fora depois de um ano de relacionamento só prova o quanto você é covarde. Se sempre soube que eram pessoas diferentes e não estava disposto a se sacrificar, porque pediu em namoro?
Da próxima vez não fale da sua ex para ela de forma em que ela acabe se comparando com ela. As vezes isso cria uma espécie de competição e isso não é justo, não se pode competir com o passado.
Da próxima vez tente entender os gostos dela, conheça filmes e musicas que ela gosta, são coisas simples, mas são importantes.
Da próxima vez tenha a nobreza e a decência de deixar que ela se sinta melhor, se ela perguntou algo a seu respeito para o seu amigo, porque não queria falar com você, deixe ela acreditar que você não sabe sobre isso.
Da próxima vez não brinque com "quando a gente terminar" ou "um dia você vai ver como é sair com um cara assim" se você acha que não temos futuro, por que estamos juntos?
Da próxima vez não diga a ela que não a merece, porque isso é algo que você precisa resolver. Se quer sentir que merece, se esforce, se estamos com você é porque acreditamos que merece.
Da próxima vez eu espero que ela não sofra como sofri, tentei sempre fazer com que você fosse um homem melhor, mais maduro, e quando finalmente achei que você tinha se tornado um namorado maravilhoso você terminou comigo. talvez outra mulher colha os frutos que eu plantei, e talvez eu colha os frutos de outra mulher... a vida é o que é. Espero que tudo não tenha sido em vão.

Estive do seu lado nos seus piores momentos, senti suas dores como se fossem minhas, queria que fossem para tirar o sofrimento de você, foi o que senti quando sua avó morreu. Te apoiei incondicionalmente quando ficou desempregado, sempre achei que você iria dar a volta por cima, sempre acreditei em você. E tudo foi natural para mim porque te amava demais. E aí quando tudo desmoronou... fiquei desempregada, meu pai saiu de casa, meus pais ficaram desempregados, você me deixou, na hora em que eu mais precisei de você. E ainda me disse que eu poderia contar com você para o que precisasse! Mas veja bem essa hora é agora! Será que não vê? Você me abandonou e me deixou sozinha no meu pior momento. Na verdade sua saída da minha vida transformou esse período ruim para o meu pior momento. Como você pôde dizer que me amava e que estaria sempre lá se eu precisasse na mesma hora em que me deixava? Dizia pensar mais em mim do que em você. Sabe como eu sei que você nunca me amou? Sei pelo fato de você ter tido a capacidade de se afastar de mim neste momento. Um momento em que eu precisava de apoio e de amor, e aí você foi embora fazendo cair mais problemas sobre a minha cabeça. Eu estive com você mas você não esteve comigo. A vida é mesmo injusta. Mesmo assim eu quero que seja feliz, quero que a vida siga seu rumo e leve embora todos os meus receios e mágoas, e todos os sentimentos que não me servem mais. Te desejo boa sorte. Sei que vai precisar.

Mariana Carolina.

1 de nov de 2016

CARTA PARA O FUTURO

 

       Escrevi esta carta em 2014 para eu ler em 2016. Ela poderia ter sido lida em 2015, faria mais sentido... portanto posso extender a data de validade dela sempre para o futuro sem datar. Talvez sirva de inspiração para vocês. Quem leu Perdão Leonard Peacock, entende a referência.

Hey garota maluca! Sim você é absolutamente doida! E eu te amo por isso, porque você pode duvidar nesse momento mas é a mulher com mais colhão que conheço! Continue se arriscando, não tenha medo, nunca deixe ele entrar em sua vida novamente! E relaxa, tudo o que você está passando vai sim te preparar para várias coisas. Você precisa dessas dores e experiências para amadurecer, para ser ainda mais independente e adulta do que já é. Então aguenta firme! Se desapegue da vergonha, de qualquer insegurança que tenha. Você não precisa ser perfeita, apenas precisa ser você.
Desapegue-se de barreiras impostas, não exagere, saiba separar a realidade do seu mundo tão particular e fantasioso que é este que existe dentro de você. Não espere nem exija nada de ninguém, apenas de você mesma. Lembre-se que se você se deixar na mão vai se foder sim! E rápidinho, então tome cuidado, siga seus instintos, você tem uma sensibilidade incrível confie nela! E não nos seus sonhos sentimentais. Corte o cabelo! Mude de visual, se transforme, é sempre bom mudar, e sei que não gosta de mudanças agora, mas acredite isso vai mudar.

Existem coisas maravilhosas para acontecer, tenha paciência, não seja precipitada "devagar e sempre" lembra? Acredite em você! Dê o seu melhor porque ele é realmente grandioso! Se apaixone por suas causas e pelos seus desejos. Você irá conquistar o que quiser, se tiver foco, se realmente quiser... então queira! Seja! Se esforce até sentir dor e começar a chorar! Porque a recompensa vem, e vale muito a pena!. Nunca desista de escrever, pessoas precisarão de suas palavras algum dia, por mais que você ache esse pensamento pretensioso neste momento.
Aprenda o máximo que conseguir com as pessoas a sua volta, abra-se, seja tolerante, todo mundo merece um bom dia!. Não se desvie de seus princípios. E queira sim o melhor que alguém pode lhe oferecer, porque é isso que você merece! Não abaixe suas exigências, apenas as adapte e tenha paciência.
Não vejo a hora de você descobrir tudo de maravilhoso que está por vir! Não desista, confie! Seja paciente. Vai dar sim tudo certo! Até o futuro.


Mariana Carolina.

25 de set de 2016

ADEUS MEU AMOR


      
       Eu acho que a culpa é minha, fui eu que disse sim e não me importei com as consequências, eu só quis viver sem me importar se aquilo iria para algum lugar ou não, sempre fiz análises mentais das pessoas: este é compatível comigo tem chances de dar certo, esse não vai dar somos muito diferentes. Mesmo quando eram compatíveis não dava certo, faltava paixão, verdade, intensidade, outras vezes era tudo na minha cabeça a pessoa não me queria do jeito que eu a queria. Minha vida amorosa é um grande equívoco, onde faço tudo para não me machucar mas nunca adianta. Então um dia eu simplesmente não me importei com a minha análise, e mesmo que não tivesse boas chances estatísticas me arrisquei, porque era tão intenso, forte e bonito. Eu só queria mais daquilo e me entreguei, dei meu coração como nunca tinha dado a ninguém, e foi a melhor coisa que eu já fiz na minha vida! Foi o melhor ano, foi quando eu me senti plena amada e feliz, feliz de verdade, mesmo acordando com todos os problemas todos os dias, eu estava tão grata por ter uma pessoa que eu amava e que me amava na minha vida, que o resto eu não me importava... só continuava lutando e tudo iria ficar bem. 
       Agora me sinto morta, destruída, um fantasma vagando com meu corpo sem alma. O difícil na vida é saber que pra você ser feliz e viver coisas boas também tem que aceitar ficar miserável e destruído um dia, tudo o que você mais ama e que te faz bem é o que tem o poder de te destruir e te magoar; então se acontecer você deve aceitar o mal que vem com o bem. Porque a vida é o que sentimos, não adianta querer evitar as emoções, ou tentar ser frio e se distanciar delas, se você não sente nada está morto. Então mesmo que meu coração esteja em pedaços valeu a pena cada segundo, eu nunca vou esquecer nada daquilo, foi a melhor coisa do mundo. Mas eu tenho que aceitar que acabou e seguir, e pra isso não consigo ser nada sua, nem amiga nem mesmo uma conhecida, então talvez um dia, daqui há alguns anos eu possa ser sua amiga, mas agora eu preciso me curar, preciso cicatrizar, preciso esquecer o nosso dia a dia, os nossos hábitos, o seu cheiro... Eu preciso porque senão não consigo continuar.
       Mas não guardo ressentimentos, eu quero que seja feliz, e que se torne uma pessoa melhor a cada dia. Eu quero que a sua vida seja incrível, eu quero que outra pessoa consiga te dar o que eu não consegui pra te tirar da sua redoma e fazer você sentir que aquilo era o suficiente.
     Então talvez não seja bem um adeus, talvez seja um até logo. Mas para o nosso amor eu digo adeus. Porque não consigo mais aguentar a intensidade dele sem você.

Mariana Carolina.

11 de set de 2016

FALTA



Eu o conheci quando não precisava de ninguém
Estava bem sozinha
Havia acabado de superar alguém
Ele me viu e me escolheu para sí

Quando saímos foi natural
Livre de esforços, por mais que fôsssemos essencialmente diferentes
As conversas foram sinceras, despidas de impressionismo
Ele me deu uma flor e disse que não poderia me fazer sofrer
"Homens que dão flores não fazem uma mulher sofrer"

Tínhamos poucas coisas em comum
Tudo aparentava ser um erro
Você não queria se apegar a ninguém
Eu sempre quis me jogar, me entregar
Tudo ou nada
Você sabe que sou dramática, intensa
Preferia sofrer e sentir algo, do que não sofrer e ser vazia.

Eu te amei e te aceitei exatamente como você é
Sempre querendo ser uma pessoa melhor a cada dia
Pois sempre acreditei que o ser humano precisa de evolução
E precisamos que as pessoas ao nosso lado estejam nessa jornada com a gente
Você foi o meu amante, meu companheiro, meu amigo, meu namorado, meu amor.

Meu primeiro e grande amor
Você era tudo o que eu queria em dias ruins e solitários
Em dias lindos e bons também
Sua companhia era meu consolo de vida
Você me fazia rir com como falava, ou cantava e dançava
Sua mania de colocar alho e sal em tudo
Dormir sempre com o ventilador ligado
Seu jeito de me acalmar e me fazer sentir que tudo estava bem ou iria melhorar

Sinto saudade de você
Do seu senso de humor
Do seu bom gosto
Do seu sorriso, seu cheiro, seu corpo quente
Da sua alegria contagiante
Do seu abraço, de chamar você de meu
De ficar deitada com você sem fazer nada.

É horrivel não saber quando vai ser a última dança
A última noite em que fizemos amor
A última carta, o último presente...
Sabemos qual é o último abraço
Aquele mais desolador e desesperador do mundo
Porque você sabe que nunca mais vai ter aquilo de novo
E isso te mata
Todos os dias
Até que o seu amor permaneça vivo na sua memória.

Mariana Carolina.

5 de jun de 2016

DIA DOS NAMORADOS.



Seu namorado nunca vai amar você
Nem cantar pra você
Nem lhe escrever um poema
Ou uma música
Ele nunca vai te mandar uma carta
Ou um cartão postal de alguma viagem que fizer

Ele nunca vai te acordar com um café na cama
Ou te chamar pra dançar no meio da rua,
Ou no meio do quarto de madrugada
Nunca vai te carregar nas costas no meio da chuva
Jamais vai te ligar pra dizer que está com saudades

Nunca vai te perguntar o seu filme preferido,
Sua comida preferida, ou sua banda do coração
Ele não vai se importar o suficiente pra mudar algo que pratica

Seu namorado vai te chamar de amor sem te amar
Vai te dar flores quando um vendedor passar com rosas na cesta
Vai dizer que gosta muito de você
Vai te chamar de linda
Vai estar lá quando você disser que não está bem
Vai evitar de falar assuntos os quais não concordam
Vai te comprar um suco quando você disser que não está com fome
Vai te apoiar quando você falar mal da sua família
Vai te chamar pra transar em lugares públicos e chamar isso de fazer amor

Seu namorado vai aceitar suas loucuras sem entendê-las
Ficar chateado quando você não souber expressar sua frustração e acabar o ofendendo
Vai fazer piada com as suas diferenças
Vai conseguir fazer tudo o que sempre fez e ainda estar com você
Vai ir atrás de você pra não te perder
Vai te perdoar quando você pedir desculpas

Ele vai te apresentar pra família dele
Vai ter orgulho de te apresentar pros amigos
Mesmo que você não tenha nada a ver com eles
Vai cantar uma música que não goste no carro
E você vai gostar porque é ele que está cantando

E mesmo depois de tudo, você vai se sentir em paz
Quando olhar pra ele dormindo do seu lado e vai dizer que vale a pena
Porque todo mundo só pode ser o que é
Dando o melhor de sí todos os dias.



Mariana Carolina.

21 de mai de 2016

DIÁLOGOS FRAGMENTOS



    Novo tipo de post: Diálogos imaginados e descritos fora de contexto. Muitas vezes escrevo diálogos aleatórios, sem pensar em uma história real de fundo, apenas um discurso com mediador interno. Resolvi compartilhar alguns com vocês queridos leitores. Espero que gostem.



- Então, você não acredita no amor?

- O que quer dizer?

- Não acha que ele existe?

- Eu acredito no amor, só não acredito que ele dure.

- Então amor sim, mas eternidade não?

- Posso dizer que sim, afinal, o que podemos dizer sobre a eternidade se somos mortais?
o que de fato sabemos sobre a eternidade? As pessoas tem visões muito romantizadas sobre a vida.

- Mas se formos colocar dessa forma, o amor em que acredita não é paixão? A paixão é extinta com o tempo mas o amor permanece.

- Quem disse? O amor é quase que uma coisa imposta as pessoas para que sintam, é quase uma obrigação sentir afeto pelas pessoas. Você ama seus pais, seus irmãos, seus amigos e qualquer outro grupo de pessoas que convivam com você, e se você disser que não ama, é insensível, é frio, é ruim, amargo, estranho, falso, arrogante e ingrato.

- É o que todos sabemos, paixão é uma reação química do organismo, e o amor é um afeto crescente, puro e real. O que isso quer dizer? Que você foi obrigada a amar os seus pais? Que não acha isso natural?

- O que estou dizendo é que o amor existente a que todos se referem, o eterno, que é este que você nutre pelas pessoas que lhe são próximas, é um amor construído, amor que você aprende, vai sentindo-o crescendo aos poucos porque é o que você conhece, são as suas referências, você é refém dos seus sentimentos familiares, é o que você é, e todo mundo ama tudo que é sobre si mesmo. Nós aprendemos a amar nossos pais e família. Não é como se você soubesse direcionar o sentimento, portanto dizer que amor é um sentimento involuntário, que você simplesmente acaba por sentir por alguém é ridículo, isso é paixão, isso é química, é reprodução humana, é biologia! Não me venham com os eternos e "para sempres" porque não há nada a que se basear para prometer um "para sempre" a alguém. E olha que pode parecer que sou uma pessoa indiferente e fria, mas muito pelo contrário, sei muito bem como é sentir aquela conexão e intimidade incrível de achar que quer passar seu tempo para sempre com aquela pessoa, e de repente nada disso fazer mais sentido algum.

- Mas a partir desse sentimento de paixão nasce o amor, a partir desta conexão e necessidade e atração, nascem todas as coisas provenientes do amor, como: a confiança, a admiração, respeito, segurança, lealdade e amizade. E são todas essas coisas que fazem as pessoas se amarem mais e mais, o sentimento não para de evoluir, a não ser que hajam muitos problemas de confiança, decepções e essas coisas..., o caso é que realmente não há como prever o que está por vir, mas ainda assim as pessoas apostam no "para sempre" porque vale a pena se arriscar por aquilo em que se acredita, e todo mundo sempre acredita naquilo que sente. Talvez o amor seja mesmo construído, mas isso não quer dizer que ele não seja verdadeiro, o aprendizado a que você se refere é natural, não é como se você dissesse "Hey tenho que me acostumar a amar o meu pai" é apenas como as coisas acontecem, mas ninguém se dá conta de que está "aprendendo" a amar alguém, o sentimento se torna involuntário de qualquer forma.

- Meu ponto é: O amor existe? Sim, ele existe e eu acredito no poder que ele exerce sobre as pessoas, porém, podemos dizer que ele dura? É para sempre? Isso faz diferença?. Não entendo por que as coisas precisam durar para serem importantes, por que elas não podem simplesmente acontecer de maneira gloriosa e depois deixarem esse momento ir? Por que é que todo mundo tem tanta dificuldade em deixar as coisas irem embora?. O fato de um sentimento se dissipar não quer dizer que ele não tenha sido verdadeiro. Mesmo que as pessoas acreditem na eternidade das coisas, e não estou dizendo que é errado apostar nisso, apenas digo que não o faço, pois não acredito em tal coisa. As pessoas são efêmeras, estamos mudando constantemente enquanto os minutos passam, portando nossos sentimentos são tão efêmeros como nós, como posso acreditar que algo perdura, quando nem mesmo minhas convicções e pensamentos e vontades não perduram? E não digo isso de forma em que pareça que não tenho personalidade, ou opiniões e valores e princípios, pois os tenho até demais, de forma que me atrapalha as vezes, mas não aposto nisso, gosto de eternizar meus momentos e minhas memórias, mas não posso eternizar algo que está para acontecer, não faz sentido pra mim. Por isso não acredito também no casamento. E o lance todo da família, o negócio é: Se você não pertencesse a sua família, e conhecesse seus pais como pessoas, sem nenhum sentimento envolvido, sendo completamente imparcial, você gostaria deles? Os admiraria? Os respeitaria e os amaria? Talvez não, mas as pessoas não tem essa opção quando se trata de pensar na família, ou as vezes até mesmo nos amigos, porque essas pessoas são sua família, te amam e te tratam bem, ninguém jamais pensa em como seriam as coisas se você não fosse você, se colocando na pele de outra pessoa.

- As pessoas não querem abrir mão do amor, não querem deixar com que ele escape. Todo mundo procura algo para se prender, todos pregam sobre a liberdade mas ninguém realmente busca por ela, as pessoas buscam algo para acreditar, para se prenderem, para se firmarem, e quando conseguem não podem deixar isso ir. É como se tirassem seu chão, ficam perdidas não sabem em quê se apoiar, portanto dizer que vai se prender ao momento e depois deixar isso ir é algo que poucos vão dizer, as pessoas querem mais e mais momentos, mesmo que talvez os outros possam não ser tão gloriosos como os que já se passaram, querem ter alguma coisa, e um momento pra se lembrar não significa tudo isso para as outras pessoas como pra você. Mesmo que sejamos assim efêmeros, o fato de não ser para sempre a mesma versão de você torna tudo mais incrível, depende da linha de pensamento em que sua mente se dirige, para pessoas mais positivas o fato de essa pessoa poder evoluir sobre si mesma é maravilhoso, estar do lado de uma pessoa que você já acha incrível e isso poder melhorar? Quando estamos apaixonados não pensamos em como essa pessoa pode piorar, em como ela um dia pode te desapontar. Não vemos isso porque nos parece surreal um ser humano que te faz tão bem de repente acabar lhe fazendo mal, mesmo que as relações humanas se baseiem em decepções quando estamos colocando sentimentos demais. Entendo todo o lance racional, e você provavelmente está certa, mas tenho essa perspectiva mais romântica sobre me conectar com alguém, e acho tudo isso incrível, não vejo como eu poderia me bastar tanto e ser tão auto suficiente. Acho que não podemos dizer isso sobre todas as famílias, mas se conhecesse meus pais eu os amaria com certeza. Mas claro, entendo seu ponto.

- É engraçado você dizer que as pessoas dispensam a liberdade em nome do amor. De fato estamos presos quando nos apaixonamos, todas as vezes que sua racionalidade vai pros ares pelo sentimentalismo, você perde o controle e isso quer dizer que está preso e claro, todos querem se prender a esse tipo de coisa, porque a liberdade só é valorizada por aqueles que não a possuem. Não sou auto suficiente, antes eu pudesse ser assim, antes eu me bastasse, não sou, sou uma pessoa contraditória e talvez até mesmo hipócrita, pois mesmo sabendo e acreditando em tudo o que eu disse, quero toda a confusão do sentimentalismo exagerado e alterado, quero todas as dúvidas e o descontrole e a prisão dos sentimentos, todos sempre querem se conectar. Acredito que a possibilidade da conexão humana é irresistível, sempre nos perdemos nela porque é tão interessante a personalidade das pessoas, como elas são, como elas agem em determinadas situações as quais não tem controle sobre si mesmas ou sobre nada; e sempre que há uma possibilidade, mesmo que seja remota não importa, porque sempre temos uma estranha esperança quando se trata da conexão humana, é tentador demais, irresistível e fascinante, então todas as vezes que temos um vislumbre de que ela possa acontecer investimos, porque a conexão humana é uma das coisas mais poderosas que existem, e inconscientemente estamos em busca dela. Acredito que sempre queremos nos conectar com outro mundo particular, com outro ser humano.

- Não pensei que acreditasse nisso, achei que não acreditasse em coisas que se baseassem em pessoas, porque tudo o que se remete a um ser humano tem a probabilidade de ser falso. Acredito que todos anseiam em estar aprisionados por outra pessoa, faz sentido se prender a alguém quando pensamos sobre o que se trata a vida. Se passarmos a vida inteira sem nos conectar com ninguém o que estaríamos fazendo então? É difícil dizer se existe um sentido na vida de qualquer maneira, mas acho que uma das formas de dar sentido a própria vida é se interligando com outras, e a tal conexão mencionada por você é nada mais que isso. Conhecer um mundo interior completamente diferente do seu... isso me faz pensar em quantos mundos existem dentro deste mesmo espaço em que compartilhamos, tudo é um mundo, cada pessoa, cada organismo vivo, e falo dos insetos, dos animais, micro-organismos, fungos, tudo isso é um mundo, o qual nem mesmo enxergamos, mas sabemos da sua existência. Quando pensamos em quão pequeno é o nosso planeta em relação ao universo, todas as coisas que pensamos ser importantes neste nosso mundo particular caem por terra, por que deveríamos nos importar com as imposições sociais, a decadência humana e podridão social ao qual estamos, se nada disso tem impacto sobre o universo? O mundo? Somos apenas matéria, somos pequenos e sem grande impacto para as grandes coisas, e não digo isso como se fôssemos criaturas medíocres, mas sim como... há tantas coisas mais importantes e maiores que nós, por que nos importar com tamanhas banalidades? Acho que ter a consciência disso é o mais incrível.

- Todas as coisas que existem tem a probabilidade de serem falsas, tendo ligação com as pessoas ou não, acho que mesmo que uma pessoa tenha sido falsa em relação ao que ela compartilhou com você, a conexão continua sendo verdadeira, porque é mais do que uma troca sobre o que você acredita e o que sente, existe algo inominável acontecendo quando duas pessoas têm um entendimento mútuo, e esse sentimento de se preencher do outro é verdadeiro, mesmo que as informações trocadas não sejam; é algo para se guardar, é uma sensação... bem, talvez seja um sentimento induzido de forma falsa, mas a sensação é verdadeira e acho que é o que guardamos. O sentido da vida? nossa... é uma questão quase impossível. Não acredito que exista um sentido para a vida, a vida não tem ou não faz o menor sentido... o sentido da vida é o que você quer que seja a sua vida, quem dá o sentido é você, e aí existe um conflito sobre se você mesmo atribui sentido pra sua vida, não é real, se você precisa responder essa questão é porque não tem o que ser respondido... acho que tudo depende do que é que você acredita, quando não acreditamos em nada, tudo perde o sentido, e assim não tem porque continuar... geralmente as pessoas continuam por medo, por não terem outra coisa a fazer, e principalmente por terem esperança, no fundo todo mundo acredita que vai encontrar a saída, que vão achar o motivo de estarem aqui, ou se forem as pessoas positivas, só agradecem por mais um dia e aproveitam, cada visão tão diferente... . Os mundos, eu adoro essa visão de mundo, me faz sentir que não importa o quão tola eu fui ou posso ser, quando somos tão insignificantes em relação ao universo nada é tão grande ou tão importante, as coisas são tão maiores que eu... por que eu deveria me preocupar? É justamente pela nossa consciência que nós humanos somos tão incríveis, esse raciocínio, essa capacidade... é isso que me faz acreditar em Deus.

- Realmente me surpreende que alguém tão... realista acredite em Deus. Quando nos sentimos pequenos, insignificantes em relação a grandiosidade das coisas, perdemos uma carga pesada de responsabilidades, parece que nada é mais assim tão importante, e nossa vida ordinária ganha uma espécie de redenção, parece alívio, aceitação... é consolador. O que quer dizer com todas as coisas da vida terem a probabilidade de serem falsas? Como você pode dizer que uma sensação é real quando provém de situações falsas, e ao mesmo tempo dizer que o que está sendo real e materializado pode ser falso?

- Quero dizer que: como você pode afirmar que esta conversa a qual estamos envolvidos está realmente acontecendo? Como pode ter certeza sobre qualquer coisa da vida? Não existe nada para se firmar e acreditar ser real, se fôssemos apenas hologramas e um reflexo do mundo, como diz a teoria das cordas, isso não seria real, seria um reflexo, um sonho... a sua imaginação... então como pode me dizer que isso está realmente acontecendo?

- Ok acho que ultrapassamos o limite das conversas existenciais... o que quer dizer com como posso ter certeza sobre essa conversa? porque estou aqui agora olhando pra você, neste momento enquanto você ri das minhas reações faciais, porque - ele finalmente estende as mãos e pega a minha mão da mesa a segurando firme - estou te segurando e essa materialização é informação suficiente pra acreditar que isto está acontecendo, porque tenho a sensação mútua de conexão agora mesmo.

- Exatamente! Você se baseia em suas sensações pra dizer que algo é real ou não, por isso mesmo que minhas sensações venham de situações falsas, elas são reais e por isso... verdadeiras! É por isso também, que quando estamos embriagados não temos uma sensação nítida dos acontecimentos das coisas o que nos leva a extremos... temos a sensação de que nada é real, muitas vezes nos sentimos em uma espécie de sonho induzido, essa falta de controle e sensações nítidas do real é o que levam as pessoas a beberem, mesmo que muitas não pensem nisso.

- Cara, você absolutamente me pregou uma peça agora, tudo bem, argumento aceito! Não consigo refutar isso! Mas calma que eu ainda venço um debate de argumentações contra você!. Ele disse sorrindo, ainda sem soltar minha mão.

- Não sabia que estávamos em um debate de argumentações! Que absurdo, você só estava querendo mostrar intelectualidade superior em todo esse tempo? seu ridículo! - disse não podendo conter as risadas.

- Sempre estou em busca de chocar você com alguma coisa, mas você sempre o faz antes de mim.

Ele beija minha mão e saímos da cafeteria.



Mariana Carolina.